Find us on Google+

Widgets


TOP DE ANDERSON LANDERS
do Blog  "Filmaker and's"


1. The Lord of the Rings



Filme com ótimos efeitos sem dúvidas, porém sua história não me encantou, e se tornou um tanto cansativo.

2. Tropa De Elite


Repleto de clichês brasileiros, do qual aparece em quase todos os filmes: Favela, Polícia Corrupta, Rio de Janeiro (Parece que a única cidade do País). Claro que nos mostrou uma grande realidade, porém se tornou repetitivo em abordar sempre o mesmo tema, sendo que existem vários outros a serem explorados.

3. Hulk (2003)


Eric Bana não me convenceu nesta direção, em um roteiro tão morno.

4. 300


O roteiro é ótimo, mas este épico ficou muito artificial, o “Plano de fundo” percebia 100% o uso de fundo verde ou azul.

5. Avatar



História fraca que não encanta o espectador. Creio que se resume em filme somente de incríveis efeitos especiais e só.

6. The Blair Witch Project


Um filme de terror em que todo mundo aplaude, elogia. Porém não consegui ver onde o mesmo é assustador. Uma perca de tempo em um roteiro parado sem a menor graça.

7. Lady in the Water


O pior de M. Night Shyamalan. História sem sal, em que tive que assistir três vezes, pelo fato das outras eu acabar dormindo.

8. Little Man



Piadas sem graça definem.

9. The Day the Earth Stood Still


Nunca assisti ao original, mas odiei este. Uma história ridícula, nenhum personagem foi carismático o suficiente para salvar este filme, simplesmente péssimo. Keanu Reeves why?

10. Robin Hood (2010)


Por ser de Ridley Scott, eu pensava que seria um ótimo entretenimento, mas o roteiro demora em engatar. Não chega aos pés de “Robin Hood: Prince of Thieves”. Talvez eu seja muito exigente.

A equipa do CINE31 agradece ao Anderson por ter aceite o desafio de elaborar o TOP. Visitem o seu blog "Filmaker and's", e digam que vão da nossa parte :)

Categorias: , ,

22 comentários até agora:.

  1. Sofia says:

    ver aqui Lord of the Rings e 300 faz-me quase ter um ataque de pânico

  2. Eu concordo completamente sobre o que tu dizes em relação a esses clichés brasileiros mas creio que no caso do Tropa de Elite se perdoa um pouco

  3. Alguns destes filmes foram fracassos quase consensuais. Do resto, concordo com o Avatar, talvez merecesse um lugar na minha lista, agora que penso nisso. Adoro o tropa de Elite! :P

  4. Rafael W. says:

    Só pra constar: ninguém gosta de A Dama na Água, hahaha.

    Mas é uma pena que você não curta O Senhor dos Anéis, pois eu o considero um épico maravilhoso.

    De qualquer forma, belo post.

    http://eaicinefilocadevoce.blogspot.com.br/

  5. CINE31 says:

    O Senhor dos Anéis pode ser exaustivo mas uma experiência épica magnifica. Eu gosto TANTO do Hulk de 2003 :(
    A critica ao "300" é injusta, o modo como foi filmado foi propositado para ser visualmente semelhante à banda desenhada original, que é um assombro visual, como o filme.
    O Blair Witch foi - na altura - das coisas mais assustadoras que vi na vida, por ser tão realista e envolvente. eu na altura li o livro, vi o documentário falso, andei nos sites, etc. Mas nem todos nos assustamos com o mesmo :)

  6. Sam says:

    "Lanço pedras" às menções ao 300 (para uma adaptação fiel à BD, tinha de ser feito daquela forma...) e, sobretudo, ao BLAIR WITCH: fez muito mais pelo cinema contemporâneo do que se poderia imaginar. Já para não dizer que é dos poucos filmes de terror realmente originais dos últimos vinte anos.

    Cumps cinéfilos.

  7. A ideia de The Blair Witch Project é original, mas infelizmente não foi aquela maravilha que pensei. Bom, como disse o David: "Mas nem todos nos assustamos com o mesmo".

  8. LOL Definitivamente não consigo engolir Lord of the Rings :(

  9. Eu que agradeço ao "Cine 31" pelo convite, muito obrigado!! =D

  10. Quanto ao Lady in the Water e o Little Man estão deslocados nesta lista... É que são obviamente maus filmes e creio que toda a gente concorda. Será que há alguém que gosta mesmo deles??

  11. Eu gosto de Lady in the Water. E muito, aliás!

  12. Hugo says:

    O "Hulk" de Ang Lee é uma filme apenas razoável, principalmente pelo péssimo monstro criado em computador.

    As pessoas geralmente não gostam de "A Dama na Água", mas eu considero um filme interessante.

    Também considero "A Bruxa de Blair" mais um sucesso de marketing, do que um bom filme.

    Abraço

  13. CINE31 says:

    Péssimo monstro?? O state of the art da altura! Prefiro mil vezes esse ao de 2008...

  14. Tudo verdade, Samuel! Tudo verdade!

  15. Há quem admire imenso o "Lady In The Water"... e até o ache dos melhores do Shyamalan.
    Acredita que há quem gosta desse filme... falo por mim!

  16. Desta lista, aponto o dedo a dois filmes:
    - "Robin Hood", que não vi por não querer ver devido a desinteresse pelo filme e até já deu na TV e mudei o canal (mas não tenho ódio pelo filme e quem sabe um dia o veja...)
    - "Little man", é um filme mau e patéticamente vergonhoso. Mas perdi tempo a vê-lo certo dia pela tv (se calhar não dava mais nada de nem melhor e... nem pior!). Contudo, acrescento que este é um daqueles "filmes-produto" que se deve odiar mesmo. E concordo em o ver numa lista... é mesmo bléérrrr!

  17. Me too! Ainda não vi do Shyamalan um filme que não me agradasse... mas este é dos grandes filmes de um autor, que dentro de Hollywood tentou sempre remar contra a maré... e é raro ver conceberem novos contos/fábulas assim.

  18. Sofia says:

    Mas é só o primeiro filme? ou os 3?

  19. Sofia says:

    Armindo - olha que o RH merece uma "espreitadela". Sabes que sou exigente neste tipo de filme e achei a abordagem que lhe deram muito interessante. Quanto à qualidade de tudo o resto é discutível, mas a premissa é interessante e ousa no facto de ir ao "antes de tudo aquilo que já foi contado em cinema milhares de vezes"

  20. é como dizia... "quem sabe um dia o veja". Na altura não me pareceu muito bem, fazer uma espécie de "Robin Hood begins" com um herói já entradote... e da promoção que vi não me inspirou vontade. Mas um dia irei ver sim...

  21. Sofia says:

    Sim, percebo e concordo. A minha escolha de actor - sobretudo para a abordagem que decidiram dar ao filme - nunca / jamais seria o Russell

Deixe o seu comentário:

Partilhe os seus comentários connosco!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...