Find us on Google+

Widgets

"As Múmias do Faraó - As Aventuras de Adèle Blanc-Sec" (Les aventures extraordinaires d'Adèle Blanc-Sec)


"Paris, 1911. No Museu de História Natural, um pterodáctilo com 136 milhões de anos ganha vida transformando-se numa ameaça mortal, e o inspector Caponi (Gilles Lellouche) é encarregue de resolver o caso. Mas Adèle Blanc-Sec (Louise Bourgoin), jornalista intrépida e aventureira, descobre que o responsável da aparição do monstro é o professor Esperandieu (Jacky Nercessian), o único homem capaz de a ajudar a salvar a sua irmã cataléptica... O realizador francês Luc Besson regressa à BD que tanto o inspirou para êxitos como "O Quinto Elemento" ou "Léon, o Profissional" para adaptar as aventuras da personagem criada nos anos 1970 por Jacques Tardi. O filme inspira-se nos álbuns "Adèle e o Monstro", "O Sábio Louco" e "Múmias Loucas"." in PÚBLICO


O mais recente filme de Luc Besson (Leon, Nikita, Le Grand Bleu) a estrear em terras lusitanas é divertidíssimo, uma aventura delirante e despretensiosa. Os efeitos especiais são abundantes, não são perfeitos mas cumprem bem a sua função. A película é a adaptação de 3 dos álbuns das aventuras em banda desenhada de Adèle Blanc-Sec, que está muito mais gira na versão live action.




 A carismática actriz principal será dos poucos intervenientes do filme que não estão pesadamente caracterizados para serem mais visualmente fieis ao look da BD. Entre estes encontramos um irreconhecível Mathieu Amalric (o mauzão de 007 -Quantum of Solace) como Dieuleveult, um rival de Adéle, dono de uma figura e personalidade bizarra e desagradável. O resto do elenco de personagens é igualmente invulgar, incluindo polícias preguiçosos  e desastrados, políticos incompetentes, cientistas loucos, um caçador com complexo de superioridade, um admirador secreto, pterodáctilos e múmias ressuscitadas. 


Capa de um dos álbuns de BD.


Em suma, uma grande salganhada, que estranhamente foi bem combinada e resulta numa fita muito entretida, que até tem uma cena "surpresa" com leves toques de erotismo (cena essa, retirada da BD), que destoa um pouco do resto do filme, mas de bom gosto.


 
Mais info:

Categorias: , ,

2 comentários até agora:.

  1. Fernanda says:

    Pois é... e a crítica caiu encima... :(

  2. CINE31 says:

    Uma injustiça! é uma grande diversão!
    Mas tem piada, das poucas criticas que li, até não foram muito "mauzinhos" com o filme

Deixe o seu comentário:

Partilhe os seus comentários connosco!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...