Find us on Google+

Widgets

A minha opinião sobre este filme, que foi consagrado quase unanimemente como o “Se7en” do século XXI, é que esta é uma película sobre estimada. Ou então penso isso porque me contaram antecipadamente o twist final, verdade seja dita o mais inesperado e chocante de todo o filme. Globalmente contém algumas ideias interessantes, (a verdadeira identidade e motivação dos protagonistas não é o que parece nos primeiros instantes) embora não tão originais como são vendidas. Acredito que as falhas de “Saw” se encontram a nível das decisões de realização e da montagem, que tiram algum interesse da história, quebrando o ambiente tenso e sujo em diversas situações através do recurso a movimentos de câmara supostamente cool e modernos, mas que pela sua artificialidade e inoportunidade afrouxam o ritmo. Mas globalmente é um filme que se assiste com agrado, com diversos momentos de suspense e reviravoltas, sendo de lamentar que não se tenha atrevido um pouco mais, em cenas como aquela em que um dos protagonistas tem que serrar o seu próprio pé para escapar do terrível jogo planeado e posto em prática pelo sádico “Jigsaw”, o assassino que força as vitimas a matarem-se a si próprias. Esta simpática personagem está de volta em “Saw II”, já estreado, com novos jogos mortais.
Resumidamente, no inicio de "Saw" dois homens que não se conhecem acordam numa casa de banho imunda, amarrados com correntes e com um desafio: um deles tem até ás 6 horas para matar o outro, senão a sua mulher e filhas serão executadas. Quem sairá vivo deste jogo, e até onde serão capazes de ir para salvar a sua vida e a dos seus entes queridos? Junta-se a isto um policia obcecado em capturar este assassino que não mata ninguém e que quer ensinar - da pior maneira - as suas vitimas a darem valor á proópria vida, segredos por revelar e muitas reviravoltas. Recomendado para ver em familia á hora do jantar. Garantido!

O melhor: O ambiente sujo á la “Se7en”, as reviravoltas do argumento.

O pior: Movimentos de câmara típicos de videoclips.

Veredicto: Definitivamente vou ver “Saw II”.

Categorias: ,

One Response so far.

  1. CINE31 says:

    "Veredicto: Definitivamente vou ver “Saw II”." Eu menti...

Deixe o seu comentário:

Partilhe os seus comentários connosco!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...