Find us on Google+

Widgets






TOP DE DANIEL RODRIGUES


David, Sofia e Bruno,
Aqui está a minha lista como pediram! Muito obrigado pelo convite!


Sempre me assustou imenso ouvir meio mundo a dizer que adora filme A ou B e eu, no meu canto, a odiá-lo por dentro. Não sei se me entendem, mas faz-me sentir como se por vezes não fizesse parte deste mundo. A verdade é que são infindáveis os filmes que eu odeio / não nutro particular carinho, e há alguns que me esforço mesmo por compreender, mas não consigo. Aqui estão eles, graças ao convite do Cine-31 (não se assustem muito, por favor):


O Discurso do Rei



Sim, este é daqueles que odeio tanto, tanto, tanto ao ponto de querer reaver o meu dinheiro do bilhete caro que paguei. O Óscar que ganhou é verdadeiramente cómico. Ainda para mais com tantos filmes bons no mesmo ano (Cisne Negro, A Origem, A Rede Social…). Não acho que seja mau de todo mas não lhe reconheço nada de transcendente (nem mesmo na interpretação de Colin Firth).


Os Descendentes



Ok, estar aqui este ou estar aqui «Nas Nuvens» ia dar exactamente ao mesmo. Lembro-me das primeiras palavras que disse depois de o ver e foi mais ou menos assim ‘Mas o que é isto?!’. Admito que tenha uma história minimamente interessante, mas não me conseguiu prender como pensava… e depois há sempre o Clooney (por isso é que falei de «Nas Nuvens») que é para mim o maior ódio de todos (acho-o muito overated).


King Kong (1933)



Gosto bem mais da versão de Peter Jackson por ser, a meu ver, mais sólida e emocionante. Quando vi o de 1933 pela primeira vez (e vi primeiro do que o de Peter Jackson),só queria que acabasse rapidamente. Acho que os poucos recursos da época também não ajudaram muito


A Saga Twilight (toda)



Este é daqueles que tenho noção que nem está bem no espírito de ‘Filmes que toda a gente gosta, mas eu não’, porque tenho noção que nem toda a gente gosta. A única palavra que me ocorre para justificar esta inclusão é: fraco.

Continue a ler o TOP de Daniel Rodrigues depois do link:



A Viagem de Chihiro



Só vi uma vez mas muito sinceramente, não me apetece ver mais vezes. Todo aquele imaginário e aqueles ‘monstrinhos’ não me cativaram (quase que ia tendo pesadelos). Talvez para rever mais tarde mas, por agora, é um ódio.



Dança com Lobos



Gostei bastante do início, mas quando aquilo começou a passar as 2h30, então começou a seca. Acho que é daqueles filmes em que posso dizer que apanhei uma enorme seca. Não gostei nada do rumo do filme na parte final.

Laços de Ternura



A típica história familiar com uma doença fatal… não, isto não é para mim. Disto já vi aos montes. E se havia alguma tentativa de o espectador ficar tocado/ com pena de algum personagem, comigo não resultou.


Zé Colmeia



Patético, argumento que, modéstia à parte, até eu fazia melhor … mas o urso até é fofinho. Um dos piores filmes que vi nos últimos anos. (entra nesta lista exactamente como um 'ódio de estimação' e não tanto como um filme que toda a gente gosta e eu não).



Casablanca



A primeira vez que o vi foi há 2 anos. Não apreciei. Repeti a experiência (muito por culpa daquele frase ‘ Não confies em quem não gosta de Casablanca’) à coisa de 1 mês. Consegui encontrar alguns pontos positivos, mas nada que me faça passar de um 5,5/10. Provavelmente nunca mais o vejo (e aquele final…hummm).

Blade Runner



De um universo e género completamente diferente de «Casablanca», mas o meu gosto por este é muito similar ao gosto pelo 9º classificado desta lista, ou seja, quase nenhum. Talvez muita culpa seja do Harrison Ford (que não gosto muito) ou então seja mesmo o facto de eu ser esquisito. Para rever, um dia.

-- // --

Obrigado nós Daniel, pela tua participação. E obrigado por me mostrares que existe um filme sobre o Zé Colmeia - coisa que me era totalmente desconhecida. Penso que o Daniel não tem blog, mas é presença assídua no grupo Cine31 e um grande entusiasta  de cinema e pela imagem do seu perfil fã do Spider-Man...

Categorias: ,

5 comentários até agora:.

  1. Eu acho que os poucos recursos do King Kong é que o tornam mais espectacular pois tá ali imensa imaginação no que toca a execução. Não envelheceu bem com o tempo mas é por isso que eu o adoro, traz-me a uma era especifica do cinema. Já agora, adoro o poster!

    Mas pessoal não se esqueçam que o VHS do Dances with Wolves sai a 28 de Agosto!

  2. CINE31 says:

    Duas pedradas ao Daniel pelo King Kong e o A Viagem de Chihiro! :(

  3. Sam says:

    "Pedra gigante" à inclusão do BLADE RUNNER. Não me lembro de filme, depois da sua estreia, que mais tenha influenciado a ficção-científica como este.

    Antes de o reveres, experimenta consultar este documentário de produção do BLADE RUNNER: http://www.youtube.com/watch?v=BnVrH-l5PSw Vai fazer-te mudar de opinião :P

    Cumps cinéfilos.

  4. Em alguns (poucos) filmes que aqui referi posso ter sido influenciado pelo momento em que o vi. Mas muito raramente mudo de opinião sobre um filme quando o vejo uma segunda vez. Costumo até dizer que 10 minutos depois de ver um filme, a minha opinião está formada.

    Lembro-me de não achar nada de especial ao Padrinho, actualmente é um dos meus 'mais que tudo'. Deve ser a única excepção...

    Mas prometo que antes de rever Blade Runner vou ver esse documentário que falas, Samuel.

    Obrigado, mais uma vez, pelo convite :)

  5. Gostava que o Daniel explicasse melhor esse ódio ao Blade Runner, se puder ser.. :)

Deixe o seu comentário:

Partilhe os seus comentários connosco!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...