Find us on Google+

Widgets


 Vá lá vai, mas que grande carga de água! Eu bem que tinha o pressentimento que devia ir de taxi quando saísse do cinema mas lá tentei a minha sorte com o metro. Olha, bem dito bem feito, à saída da estação foi uma molha tanta que até a minha roupa mudou de cor. Não bastasse eu levar com todos os vermelhos (também acontece aos peões) ainda levo uma molha de um Smart. Um Smart. Um carro que nem me chega ao joelho. Nisto, já quase a chegar a casa, deparo-me com uma cascata a descer a rua, ideal para transformar os meus ténis em dois desportivos aquários. Ó caraças, mas que noite! Já pareço o Capitão Philips e a Viagem do Peregrino da Álvorada. Por falar no Capitão.

 Ora eis que nos chega mais um filme rodeado de hype, num 2013 todo emproado mas que nada me tem trazido se não desgraças. Volta 2012! Anda, vamos sair à noite para um daqueles bares onde as mulheres dizem que os homens são todos iguais mas comportam-se todas como a Rihana num dos seus videoclips. Possivelmente também fora deles.


Mas badalhoquice à parte, como se portou o Tom Hanks? O filme é assim tão bom como dizem? Irei eu parar de engonhar e dizer o que achei de uma vez por todas? Sim mas primeiro quero que vejam a imagem deste patinho.



















 Captain Phillips é o melhor filme que já vi.



Até agora.


Em 2013.

Quis só gerar risos em torno dos mais cultos. Mas sim, achei o filme absolutamente perfeito. Não quero com isso dizer, estranhamente, que é dos melhores filmes já feitos mas que, por mais que tente, não consigo encontrar falhas. Não houve nada que me irritasse, nada que eu cortasse se me deixassem editar no Sony Vegas (talvez uma cena mas enfim, baseado em factos veridicos e tal, deixei escapar), nada. Cumpre o esperado e ainda surpreende. Entra em desvantagem por já sabermos o final visto ser uma história que saíu nos jornais enquanto eu jantava caldo verde mas não só as actuações como a visão do Paul Greengrass nos fazem esquecer, por segundos ou impressionantes minutos que sejam, que o Tom Hanks pode de facto morrer. E vou rir bastante e contar aos meus amigos se aparecer aqui alguém a considerar isto um spoiler.

Tom Hanks tem de facto aqui mais um papel memorável mas quem mais surpreende, na minha opinião, são os piratas. Barkhad Abdi (tentei sem o motor de busca mas falhei quase todas as letras) é um vilão assustador e até certo ponto imprevisível. O filme está muito bem construído mas é quase como se não fosse preciso, Barkhad cria uma tensão magnífica mal confronta pela primeira vez Tom Hanks roubando-lhe uma série de cenas. E para que saibam, é a primeira vez que actua. Uma semana antes do casting ele era chauffeur (chófer, pronto).

Bem que podes dar uma conferência na Fnac do Chiado,
não me apanhas ao pé de ti!
E também o restante grupo é impressionante, especialmente aquele que deve ter um nome ainda mais complicado que o Schwarzenegger mas que saberão certamente de quem falo, sendo esse então completamente imprevisível.

 E se há pouco falei de tensão, o filme é isso mesmo. Após uma breve introdução às personagens (com um dos créditos mais rápidos que já vi), partimos para uma viagem de montanha russa até ao final. Mas uma montanha que sobe lentamente o loop e sofre uma avaria quando estão todos de cabeça para baixo. O filme não pára de melhorar nem pára de ficar cada vez mais tenso. Sabemos que o Woody se vai safar mas, porra, como?

 A realização é impecável (salvo, talvez, um ou outro pequenino momento de " 'Murica, fuck yeah!") e de facto Tom Hanks merece destaque nem que seja só pela sua última cena que se vocês não se põe a pau ainda precisam de lenços. E vamos tentar não explorar muito esta frase.

 Filme mais que recomendadissimo da minha parte, vejam no cinema ou não. Mas ficarei surpreso caso se arrependam. E já não era sem tempo pois não tenho feito outra coisa se não falar mal de filmes aqui no CINE31. Haja um que me prenda finalmente à cadeira. Ou se calhar havia pastilhas mascadas no meu assento.

 Esperemos que assim seja, pastilhas.


 Vejam este! E fiquem para depois dos créditos para um cameo do Tim Allen!

Mais ou menos!


Meninos, vá! Há Oscars para todos! Já chega!

Categorias: , , ,

2 comentários até agora:.

  1. CINE31 says:

    WTF? Nem sequer vi um trailer disto! Tenho k me reformar :P

  2. Também é o melhor filme que vi em 2013 no cinema! Que maravilha.

Deixe o seu comentário:

Partilhe os seus comentários connosco!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...