Find us on Google+

Widgets



TOP DE ANDREIA MANDIM

Bem existem filmes que por muito que sejam adorados por todos os que nos rodeios nós não conseguimos gostar deles. Olhámos para aquilo e não conseguimos apreciar e vêmos mil e um defeitos, que lá no fundo nem são bem justificativos desse pequeno “ódio”. A lista que se segue exemplifica isso mesmo, alguns dos meus cine-ódios. 

1. Prometheus (2012)





<SPOILERS ALERT!> Porque razão não suporto este filme? Os motivos são realmente muitos, além dos imensos plotholes e das tentativas forçadas e cliché de drama no argumento, a protagonista ser muito fraca como actriz e sem presença, a morte completamente idiota da personagem interpretada pela CharlizeTheron e o facto de o Fassbender ter uma performance tão boa que dá pena de o ver no meio daquele esterco cinematográfico. É mais ou menos isto o resumo das razões porque não suporto o filme. Além de que tem erros científicos que até eu que tive ciências no sexto ano consigo identificar, que conseguem ser bem mais graves que os de época apresentados no filme Super 8. Mas não me fico por aqui nas críticas, outro dos episódios que me enfurece no filme é o facto de a Charlize estar lá por acréscimo mesmo, aparece em poucas cenas e de um modo muito pouco surpreendedor é anunciada como a filha do tal velhote, algo que não acrescenta absolutamente nada à história, algo que tenta lançar uns segundos de drama e que fracassa veemente, tal como o facto de a protagonista não poder ter filhos. </SPOILERS ALERT!>
Eu gosto do digital, mas a verdade é que o digital também trouxe algo mau para o cinema. Fez com que o seu excesso levasse a que o “mundo” criado nos filmes de sci-fi parecesse tão pouco físico que se torna pouco credível, pode ser defeito meu, mas é o que realmente penso e lamento bastante ver uma lista tão extensa nos créditos para os efeitos especiais, enquanto provavelmente outros filmes com orçamentos baixíssimos conseguiram de um modo geral ser com tão pouco tão melhores.



2. Tropic Thunder





Simplesmente não consigo encarar este filme como uma boa comédia. Vi-o mais que uma vez, porque tive a infelicidade de o apanhar na televisão e lá resolvi repetir a dose, e a verdade é que soube-me igualmente muito mal. Penso que é um filme que tenta ser o que não é, e que, à semelhança de muitas outras tentativas em Hollywood, não conseguiu fazer um bom filme com a ideia de um filme dentro de um filme. No entanto, não vou ser hipócrita ao ponto de omitir que nutro um especial desdém pelo actor BenStiler, pois, tirando “Doidos por Mary” e um guiltypleasure em que faz um duo com Ed Norton, todos os filmes que vi com o actor são hediondos. São aquele mau parvo, que tenta a todo o custo ter piada, mas apenas se enterra mais no fosso da parvoíce – e na comédia, algo que detesto é o “comediante” que se ri de si mesmo com medo que o público não perceba que lançou uma piada.

3. Crash





Não o do Cronenberg, mas o mais recente que ganhou um Oscar. A verdade é que este filme é do pior que vi e ainda por cima a ser galardoado com uma estatueta. Tem um conjunto de actores que pouco têm a ver: de um lado temos bons actores e do outro actores fracos. A química é pouca, e a Sandra Bullock e o Brendan Fraser no mesmo filme é demais, principalmente este último. O filme peca por querer complicar a história e tentar um estilo de cruzamento de histórias já batido. Tenta criar todo um drama que não me faz sentir pena de nenhuma das personagens, não me faz esquecer que estou na sala de cinema e ansiar pelo que lhes vai acontecer… é mais do género: Whocares? E isso para mim não é sinónimo de um bom filme.


4. Sin City





Confesso que tenho noção que tem qualidade e tudo o mais, porém não consigo dizer: eu gosto deste filme! … Aborrece-me de um modo que não sei explicar, não gosto da história, nem da atmosfera que tão bem funcionou em 300. Não sei explicar concretamente, não me cativa simplesmente e nunca me conseguiu conquistar. E, como tal, sei que sou provavelmente a única amante de cinema a não poder com o filme.


5. O Senhor dos Anéis





É um filme que distanciando-me consigo perceber que conseguiu revolucionar o seu meio, mas que com pena minha não consigo apreciar… Gosto imenso de fantasia e do género, mas a história resumida ao máximo é uma história de pessoas que andam e andam e andam para destruir um anel. Ok, eu percebo é fantasia e aqui vale tudo neste campo e há pelo meio várias “intrigas”. Eu vi todos os filmes para perceber se no fim realmente conseguia encontrar algo que me fizesse pensar: ei, valeu a pena, ver, mas a verdade é que esse algo nunca existiu e pronto: nunca mais o verei provavelmente na minha vida. Portanto, para os apreciadores sei que será um choque ler estas linhas, mas nunca escondi o pouco que aprecio a saga. O mesmo não posso dizer de outras como Star Wars, mas isso são outras conversas mais oldschool.

---

E pronto, este foi o ultimo TOP feminino (perceberam o trocadilho?) da iniciativa, que está perto do final (apoteótico? explosivo? veremos!). Um grande obrigado à Andreia Mandim por ter acedido a revelar publicamente os seus ódios e desamores cinematográficos! E obrigado também por me ter revelado os spoilers de "Prometheus" sem aviso. Estou a brincar, está perdoada! Leitores, visitem e comentem no blog da Andreia, o "Cinema's Challenge"!!
Obrigado também ao meu sócio Bruno, que teve a paciência de adornar com imagens os nossos últimos posts!

Veja ou revejam todos os TOPs aqui: TOP "Filmes que toda a gente gosta, mas eu não" no CINE31

Categorias: ,

9 comentários até agora:.

  1. até são filmes que simpatizo! mas encaixar aqui LOTR merece castigo dos fortes!!!!!!!!!!!!

  2. CINE31 says:

    é verdade João, não se faz! tragam as forquilhas e as tochas!!!

  3. Acho que não combina muito bem com este tipo de TOP apresentar filmes que estão actualmente em exibição. São filmes recentes e que por isso metade do mundo ainda não viu ;)

    Quanto há lista concordo apenas com o LOTR! Gosta da trilogia apenas pelo sentido do espetaculo visual porque tudo o resto nunca apreciei muito.

  4. CINE31 says:

    Nuno, demos liberdade aos nossos convidados, filmes velhos ou novos. mas acrescentei o aviso de SPOILERS para quem como eu ainda não viu o Prometheus :)

  5. Sofia says:

    mas quem é que se lembrou destes Tops?

    sinceramente ;)

  6. Não estou contra isso muito pelo contrario. Apenas não consigo avaliar totalmente um filme pelo factor novidade e até mais quando estão entre os mais esperados. Sou lento a dirigir portanto... lol

    Não tem nada a ver com os SPOILERS portanto ;)

  7. Nuno, apresentei o Prometheus como um dos que "eu não gosto mas toda a gente gosta", mesmo por ser actual. Na altura de uma pequena crítica que fiz ao filme falei mesmo com imensas pessoas que me disseram que não percebiam como não gostava do filmem. Por isso, a escolha e o meu quê de "provocador" ao incluir nesta lista :).

    cumprimentos,
    cinemaschallenge.blogspot.com

  8. Deixa lá... por não gostares do LOTR estas perdoada.

    Olha este ano temos o The Hobbit para não gostar... ;)

Deixe o seu comentário:

Partilhe os seus comentários connosco!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...