Find us on Google+

Widgets


TOP DE INÊS MOREIRA SANTOS

Antes de mais, quero agradecer o convite da Sofia e do Cine 31 para esta rubrica. Optei por destacar cinco filmes mais recentes. Aqui estão eles, por ordem cronológica.

Titanic, de James Cameron (1997)

Um drama romântico que poderá suscitar alguns ódios, especialmente da minha parte. Vejo-o como uma espécie de novela de grande orçamento. Que me desculpem os fãs, custa-me mesmo muito assistir ao Titanic. Se Cameron tivesse dado maior ênfase à reconstituição histórica e menos ao romance, provavelmente tudo teria corrido melhor.


Chicago, de Rob Marshall (2002)

Não compreendo como alguém pode adorar este filme, mas a crítica foi quase unânime (88% no Rotten Tomatoes). No meio de um ou outro momento interessante, nada ali vale realmente a pena. O filme chega mesmo a ser aborrecido.


Match Point, de Woody Allen (2005)

Sou uma grande fã de Woody Allen, mas Match Point foi, claramente, uma desilusão para mim. Continuo sem conseguir perceber a enorme adoração por este filme, ao qual reconheço algum brilhantismo, mas não a originalidade que me deixaria rendida.


Perfume: The Story of a Murderer, de Tom Tykwer (2006)

A crítica neste caso não esteve de acordo, mas Perfume está bem classificado quer pelos utilizadores do Imdb (7.5/10) quero pelos do Rotten Tomatoes (74 % dos utilizadores gostam). Quanto a mim esteve muito longe de convencer. Não li o livro, e, sinceramente, não me interessa se se trata de uma boa adaptação ou não. Achei um filme de extremos, mas não o tipo de extremos que me cativam. Pareceu-me que há uma tendência para o exagero, quer-se chocar por chocar. Um bocadinho menos disso e eu, possivelmente, iria tolerar o filme. Não deixo de destacar, por outro lado, as boas interpretações do elenco.


Melancholia, de Lars von Trier (2011)

Sei que as opiniões acerca de Melancholia não foram unânimes, mas a grande maioria das críticas são positivas. Não a minha. Mais um filme sobre o fim do mundo, entendi-o assim. Com uma protagonista que não aquece nem arrefece, e com um ritmo muito pouco interessante.

O nosso obrigado à Inês Moreira Santos por ter aceite o nosso desafio, e revelar as suas escolhas aos nossos leitores! Podem ler o seu trabalho no "Hoje vi(vi) um filme" e no "Espalha Factos". 
Comentem em baixo, o que acham dos eleitos da nossa convidada: 



Categorias: , ,

28 comentários até agora:.

  1. Sofia says:

    Obrigado nós... entretanto, repara Inês na imagem que o David escolheu para o Match Point - o rabo da Scarllett com cueca fio dental...
    HOMENS !

  2. Só para ver o fio dental da Scarlett já valeu a pena ver o Match Point nesta lista!

  3. Estava a reparar nisso ao ver as imagens escolhidas. :P Afinal ninguém se vai zangar comigo por causa do Match Point.

  4. Sofia says:

    NUNCA... se bem que eu preferia uma imagem de Rhys Meyers de cuecas

  5. Sempre nos agradaria mais a nós, mulheres. :)

  6. Sam says:

    E vai o lançamento, com jeitinho (trata-se de um top feminino, um blogger de cinema também deve ser cavalheiro), da "pedrinha" para a presença aqui do MATCH POINT.

    É, para mim, dos melhores filmes realizados por Woody Allen na última década, recheado do seu excelente e singular sentido de "crime e castigo", bem na onda do óptimo CRIMES E ESCAPADELAS.

    Quantos aos restantes, também não simpatizo muito com o TITANIC e o MELANCOLIA :)

    Cumps cinéfilos.

  7. CINE31 says:

    :) Aqui no CINE31 pensamos sempre nos nossos leitores!

  8. CINE31 says:

    Ninguém vai acreditar que não reparei nesse pormenor quando escolhi a fotografia pois não? Quando fiz o post tinha tanto sono que mal tinha os olhos abertos. Foi pena que só dei por isso agora de manhã pelos vossos comentários :P O filme se calhar até não é assim tão mau :D

  9. CINE31 says:

    Prometo que para a próxima vou escolher a foto mais reveladora do elenco masculino. Há algumas do Rhys Meyers de tanga?

  10. CINE31 says:

    Agora do TOP, toda a gente sabe que sou um Titanic whore, os outros não vi porque não me pareceram relevantes para os meus interesses... O Perfume é surpreendentemente fiel ao livro, nunca imaginei que tivessem tomates para recriar certas cenas mais chocantes, apesar de um pouco "disfarçadas".

  11. Loot says:

    eu vi primeiro o Match point ao crimes e escapadelas. Na altura era um Allen completamente diferente de tudo que tinha visto e então ainda gostei mais.

    Mas, Continua a ser o meu Allen favorito pós-2000 :)

  12. Loot says:

    Não viste o Match Point? Nem vais ver depois da imagem que escolheste? :P

  13. CINE31 says:

    Vai para a lista dos "talvez-para-ver-se-passar-na-TV-e-não-estiver-a-dar-nada-de-melhor" :)

  14. Sofia says:

    sim... eu reparo nestas coisas :)

  15. Sofia says:

    David José: não me tentes :)

  16. Engraçado que li o Top todo e não liguei à imagem do Match Point.
    Mas agora que falaram... realmente, adorei a escolha ahah!

    Eu acho que ainda não vi nenhum filme do Woody Allen, tenho a confessar. Mas o mais parvo é que o seu estilo (que me aparenta ser) sempre me interessou... Acho que gosto dele porque o meu irmão detesta-o. Não sei, um dia tenho que o explorar até porque sempre quis ver o Scoop.

  17. Epá... gosto e também tenho uma dessas listas "talvez-para-ver-se-passar-na-TV-e-não-estiver-a-dar-nada-de-melhor"... eheheheh!

  18. Esta lista é das minhas :D não aprecio nada nenhum desses

  19. Nem com o fio dental da Scarlett me livrei da pedrinha do Sam. :)
    Sei que toda a gente gosta do filme, mas a mim pouco me diz, apesar da ironia que lhe está inerente e que não deixa de ser interessante.

  20. Tens de dar uma hipótese ao Match Point, nem que seja para poderes dizer que o viste. :) A mim, confesso, foi um filme que nunca me cativou suficientemente até o ver, bom... e assim continuou. :)

  21. Epá... 5 pedr... pronto vá, saem 5 seixos daqueles que se arranjam nas praias...

    O primeiro foi logo arremessado pelo "Match Point", o filme mais fora do percurso habitual do Woody Allen e assim conseguiu apresentar um novo estofo. Acho o "Match Point" um mesmo muito bom anti-romance (e o realizador bem que tentou atingir esse nível com o "Vicky Cristina Barcelona" - o "Scoop" é ainda assim um derivativo de todos os outros que ele já fez com o pecado de ter uma má direcção de actores - no "Match Point" até as performances do elenco são muito boas.

    O "Perfume" é interessante (não li o livro - como sempre), o "Melancholia" é bom (7/10) e os outros como o "Chicago" e o "Titanic", são tipicos produtos á americana, onde tudo está bem feito pensando pelos moldes deles. São espectáculo de show-business mais que eficazes.

  22. Acho que deves pensar seriamente em mergulhar em Woody Allen. É verdadeiramente fascinante. Curiosamente o Scoop tem sido dos menos apreciados no geral mas a mim até agradou relativamente. :)

  23. Fico feliz por haver por aqui alguém que corresponde às minhas escolhas. :) Óptimo gosto o teu, Hugo. :P

  24. *Inês desvia-se dos seixos com destreza* :)

    Reconheço as boas performances em Match Point mas não consigo gostar do filme. Por outro lado, adoro o Vicky Cristina Barcelona.

    Quanto ao Chicago e Titanic, se calhar por estar tudo demasiado bem feito é que não gosto deles, acho que pecam muito em termos de argumento.

  25. Sam says:

    Um fio dental não faz o filme nem diminui a "pedrinha"... :P

    O prazer que retiro de MATCH POINT advém de sequências como esta: http://youtu.be/nlhfpU5IaYE

    "What did I walk into?"... impressionante como esta frase, para quem já viu o filme, se apresenta profética :)

  26. Esta pedrinha já era esperada de qualquer forma. :) Não vejo todo esse encanto que vocês vêem. Mas é assim mesmo, tem sempre de haver alguém que foge à regra, senão isto não tinha piada nenhuma. :)

  27. Hello!
    Desses que menciona concordo com a análise do Titanic, sempre pensei o mesmo. vejo as pessoas à volta a suspirar e os mais jovens a dizerem que é o melhor filme de sempre e sinto que são tão limitados! A história romântica é uma treta reles e quaisquer outro que já se fez ao longo dos anos é melhor. Encontro algum conforto na sensação que tenho que a protagonista do filme também é da mesma opinião ... será?

    Os restantes filmes não apelam ao meu gosto, não gostei do Chicago, que vi entre o uso do computador e tv e o último sequer vi. Mas tenho de colocar a excepção no filme "PERFUME". Eu adoro a história. A história é LINDA. No final sente-se pena do "monstro"... é tão bela quanto o do Corcunda de Notre Dame, é muito bem conseguida, é mágica e sim, é fiel ao livro.

Deixe o seu comentário:

Partilhe os seus comentários connosco!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...